quarta-feira, 29 de junho de 2011

musa súbita

a
tatuagem
-
do
cangote
à
espádua
da
galega
-
é
paisagem

as
madeixas
louras
que
saltam
soltas
em
suas
costas
são
miragens

o
sabor
de
ameixa
e
o
olor
rosáceo
do
seu
sexo
são
selvagens

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Musa súbita

na
noite
em
que
quase
foi
minha

pedia
estórias
e

havia
poesia

queria
ação
e

havia
magia

depois
se
foi
intacta
pela
manhã
vadia