quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Blues

nina
talvez
simone
assume
o
blues
bordado
na
tarde
azul
do
zâmbia

não
importa
se
mississipi
se
guadalupe
se
mucuripe

importa
o
lastro
turvo
do
amor
&
a
dor
na
tez
forte
do
bardo
afro
-
importa
o
travo

simone
talvez
nina
assanha
o
blues
tocado
na
tarde
densa
dos
andes

não
importa
se
macedônia
se
mongólia
se
calama

importa
o
dardo
doído
da
dor
&
o
amor
no
tom
bravo
do
ébrio
vate
-
importa
a
parte

ninas
&
simones

sentimentos
&
nomes

zunem
na
matinê
blues
do
piano
&
soslaiam
à
luz
do
solo

nina
hagen
simone
soul
soam
loas
de
guizos
&
gongos

nesse
ocaso
ciã
nina
simone
azula
o
zoom
do
vôo
&
a
voz
brota
do
breu
que
berra

2 comentários:

  1. Querido Binho este blog está sendo um refrigério de sensibilidade para a alma

    ResponderExcluir
  2. Só hoje vi seu comentário. fiquei feliz.

    ResponderExcluir