sábado, 10 de julho de 2010

solitude

habito
o
planeta
silêncio
(
tão-só
um
sótão
no
solilóquio
cósmico
)
por
aqui
(
além
de
mim
)
estes
versos
vingam

2 comentários:


  1. eu
    voce
    Laio
    Alfredo
    Maria
    Joao
    so
    voce
    eu

    ResponderExcluir
  2. Mirante
    brisa madeira
    guinchos tucuxi
    aromas tucumã uxi patchuli
    Vênus nublada enciumada
    lua cheia enamorada
    e nós lá
    olhando a solidão do kais
    custindo a imensidão do kaos
    poetando com as estrelas do kosmo
    violão do laio
    canção do binho
    versos da neidinha
    e agora eu sozinho
    mergulhado em águas passadas
    mas que molham minhas pálpebras
    de saudades e poemas
    e o luar que faz hoje
    nem parece que foi ontem.

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir